Os próximos a continuar o legado entendem que é necessário inovar, e que, quanto mais tecnologia o campo receber, mais humana deve ser a minha relação com o ambiente interno e externo.

Os sucessores desta geração possuem características muito distintas dos antigos gestores da empresa familiar: são tecnológicos, bem informados, compram e vendem pelo e-commerce, fazem cursos e reuniões online e utilizam aplicativos e sistemas que otimizam diversos processos.

O campo mudou e vai mudar ainda mais. A nossa forma de trabalhar também. O que fazemos hoje será rapidamente transformado pela onda de inovação e tecnologia que adentra a porteira.

Os próximos a continuar o legado (e os que já estão em processo de inclusão na gestão) possuem um perfil totalmente diferente da gestão anterior. Entendem que é necessário inovar, e que, quanto mais tecnologia o campo receber, mais humana deve ser a minha relação com o ambiente interno e externo.

Estamos em um momento de transformação. Temos muita informação disponível e se faz necessária cautela na absorção de tudo que nos é ofertado. Estamos acumulando informação e transformando pouco as nossas realidades na prática.

Não podemos pensar em transformar empresas sem transformar o comportamento das pessoas. São elas que irão executar os planos e alcançar os objetivos empresariais. Elas são peças-chave desta nova geração.

Nunca o nosso estoque de relacionamentos foi tão valorizado. Quem eu conheço, quem me conhece e a facilidade de contato quando preciso de alguma informação são diferenciais deste novo modelo de gestão.

O mindset digital traduz exatamente esta nova geração, que dissemina a tecnologia de maneira positiva e eficiente.

A todo momento novos produtos são lançados, são desenvolvidas novas ferramentas, conseguimos administrar nossos negócios a distância, acompanhar em tempo real a execução das atividades. A velha máxima de que a tecnologia é um caminho sem volta continua verdadeira.

É claro que aos jovens, existe um longo caminho a trilhar. Pois a experiência, como o nome mesmo diz, vem de experimentar. Por isso é tão importante entender que o processo de sucessão familiar acontece de maneira gradativa. Ninguém fica expert em gestão do dia para a noite, bem como encontramos resistência dos mais antigos no que se refere a inovação.

Para equilibrar tudo isso, mesclar a experiência do titular com a experiência de tecnologia do sucessor é um excelente caminho onde todos podem aprender e somar aos negócios da família.